A maior colônia de Eleonora’s Falcon do mundo em risco de novos parques eólicos

Especialistas de 13 países declaram sua preocupação com a instalação planejada de parques eólicos em uma das maiores colônias do falcão de Eleonora do mundo.

Numa carta conjunta, tornada pública, 27 especialistas de referência no estudo e conservação do falcão-da-eleonora de 13 países declaram a sua séria preocupação com a instalação prevista de seis centrais eólicas (parques eólicos de 58 aerogeradores e capacidade instalada de 300 MW) no Monte Kochylas na parte sul da ilha grega de Skyros.

Os 27 cientistas e conservacionistas, representando instituições acadêmicas e organizações de conservação de renome internacional, consideram a implementação do projeto do parque eólico prejudicial para a conservação da colônia local de Falcão de Eleonora, além de incompatível com o status da área como um NATURA 2000 Sítio (Área Especial de Conservação), designado como tal devido à sua importância para o falcão de Eleonora.

Kochylas é conhecida por abrigar uma das maiores colônias de falcões de Eleonora no mundo e, portanto, a Grécia tem a responsabilidade para com o resto do mundo de preservar e proteger o emblemático falcão do Mediterrâneo. No entanto, os especialistas destacam o fato de que o planejamento proposto está no coração do principal campo de forrageamento da espécie e muito próximo de seus criadouros.

Eleonora’s Falcon, copyright Glyn Sellors, das galerias surfbirds

Até agora, os destinatários da carta conjunta incluem o Ministério do Meio Ambiente da Grécia (por exemplo, a entidade responsável por emitir uma licença para este projeto), a DG Meio Ambiente da UE, bem como a CINEA, a agência que supervisiona a implementação de programas que apoiam os objetivos da o Green Deal da UE, incluindo os programas LIFE. Nos últimos 15 anos, foram implementados em Skyros um total de 3 Programas LIFE, todos visando a conservação da biodiversidade e das espécies emblemáticas da ilha, sendo o mais recente um dos três (LIFE ElClima sobre a adaptação do Eleonora’s Falcon ao clima mudança) recebendo o Prêmio Natura 2000 deste ano na categoria “Conservação da Terra”.

O inegável prestígio científico dos 27 especialistas que co-assinam a carta, em conjunto com o memorando fortemente documentado da HOS/BirdLife Grécia sobre a incompatibilidade da instalação prevista, submetido à consulta pública do projeto, não deixa opção aos competentes autoridades, mas rejeitar este plano de uma vez por todas.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *