Colheita de jardim

Nesta época do ano, a maioria dos jardins produz muitos vegetais e flores. Embora os jardins exijam trabalho para serem mantidos, os resultados saborosos valem a pena. Quer o jardim seja um pequeno canteiro urbano elevado ou um terreno rural maior cultivado em roto, os insetos também encontrarão e se banquetearão no jardim. Alguns dos insetos são pragas que podem ser ótimas iscas. Coletá-los em uma lata de café com uma tampa perfurada não apenas ajuda as plantas, mas também pode ser uma grande fonte de diversão de pesca, especialmente para pescar sunfish, robalo e bagre.

Aqui estão algumas pragas/iscas de jardim:

●Gafanhotos e grilos. Esses generalistas comem qualquer coisa, mas quiabo, abóbora e tomate podem ser uma boa fonte para essa isca clássica.

●Hornworms de tomate. Quando as folhas começam a desaparecer dos tomates, procuro essas lagartas gigantes verdes e gordas. Os peixes adoram!

●Lagartas. Existe uma grande variedade de iscas menores, mas igualmente eficazes, que podem ser encontradas em repolho, milho, brócolis, etc.

●Grubs. Ao colher produtos subterrâneos, como batatas, cenouras ou rabanetes, fique atento a larvas ou vermes.

Observação: nem todos os insetos de jardim são uma boa isca; manter a lista acima. Besouros como besouros de bolhas que gostam de pepinos ou insetos de abóbora nas plantas de abobrinha não devem ser manuseados. Além disso, nem todos os insetos são pragas. Deixe as benéficas aranhas e joaninhas lá para fazer seu trabalho. Finalmente, não transporte e solte a isca em outro lugar. Afinal, seus peixes locais apreciarão todas as suas iscas cultivadas organicamente!

Alguém mais colhe iscas junto com vegetais?


Você pode gostar também

Debbie Hanson

Debbie Hanson

Debbie Hanson é uma escritora premiada ao ar livre, defensora da pesca esportiva feminina, recordista mundial da IGFA e guia de água doce que vive no sudoeste da Flórida. O trabalho escrito de Hanson apareceu em publicações como Florida Game & Fish Magazine, BoatUS Magazine e USA Today Hunt & Fish. Para conhecer mais sobre o trabalho dela, visite shefishes2.com ou siga ela no Instagram @shefishes2.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *